Já pegou a sua senha?

Ontem saí com uma amiga advogada.

Gosto da raça porque geralmente são pessoas inteligentes, lêem muito (ou deveriam) e pelo próprio esforço da  profissão tornam-se, pelo menos aparentemente, mais tolerantes com o ser humano. Bem, não sei ao certo se são mais tolerantes, mais preparados para tal ou só dissimulados e cínicos mesmo…enganam bem! De qualquer forma isso não vem ao caso, só sei que eu queria ser assim. Tenho que me esforçar tanto para parecer normal!

Ah! E, além disso, têm um estilo de se vestir e portar que eu adoro! “Mauricinhos e Patricinhas” total! ( fuêfos). Comigo é assim, vou a extremos, ou é impecável, ou então calça jeans detonada, camiseta de malha e chinelo. Mas isso é assunto pra Cris Guerra.

Então, voltando a saída de ontem, estou com uma dor de garganta dos infernos, o mês ainda não acabou mas o salário já, com saudade da minha paquera virtual ( uai, não pode não?) e, pra completar, passei por uma TPM  que nem todo chocolate do mundo resolveria. Para se ter uma idéia da gravidade,  até o barulho da faxineira limpando os teclados da empresa me levou a loucura, por isso não posso andar armada! Eu não estava “com a macaca” , na verdade eu era o próprio ser bestial: Monga, a mulher gorila!

Aí, como a pomba que mostrou a Noé que finalmente o dilúvio acabara ( será que teve isso?-Pedro Augustoooooo!!! Acorda ômi de Deus! Tô aqui trabalhando sem ajuda nenhuma! ) Pra quem ainda não foi apresentado formalmente, Pedro Augusto é o meu único neurônio e “ghost writer” nas horas vagas.

Sim, Pedro confirmou com master Google, teve mesmo essa passagem do passarinho e o Noezão depois de 40 dias de dilúvio…( o meu já está durando bem mais).

Pois bem, voltando à “pomba” da salvação, minha amiga me liga e chama pra um happy hour, por conta dela! Ai que delícia e como eu precisava disso! O convite veio na hora certa.

Lá fui eu, uma hora de trânsito do Belvedere até Lourdes, mas valeu a pena. Eu, minha amiga salvadora da pátria, outra  advogada e uma procuradora. De proteção eu não poderia reclamar. E é sobre a procuradora  que vou falar, com a devida permissão dela (será que eu devia ter pegado isso por escrito? Too late).

Fiquei muito preocupada… E sabe por que? Porque cheguei a  conclusão ontem  que a fase de “entre-safra masculina”é real e sem muitas perspectivas de melhora a curto prazo. E o pior, nessa fase que estou, na seca, sozinha e carente ainda conheço alguém que apareceu pra jogar mais um pouquinho de terra lá no fundo do poço…

A filha da mãe da procuradora, quer dizer, a Excelentíssima Sra. Dra. Procuradora, sim, foi ela quem jogou  a terra e  um balde de água fria nas minhas expectativas. Calma gente, vou explicar porque!

A mulher é um espetáculo: linda, loura, alta, magra,  inteligente, nova e procuradora. Pra finalizar, essa criatura ainda é super simpática. Precisava?  Ai que ódio!

Mas não é essa a razão do meu desespero,  o “x” da questão é o seguinte: ela está solteira e reclamando que não tem homem, e que os que estão na praça são patéticos!

Pelamordedeus! Se não tem pra ela, imagina pra mim!  Metaforicamente seria como se ela estivesse com a senha 05 e eu com a 32.794, certo? Mas, como o motorista de táxi no posto, não saio da fila nem a pau!

Brincadeiras a parte, como eu ri ontem, desopilei total! Thank you girls!

Sobre a “entre safra” masculina, eu já sabia disso, os homens da minha idade, entre 40 e 45, querem as meninas de 20 ou então estão casados. Já os entre 45 e 55, ah, esses sim, eles também querem as meninas de 20!.

Sobraram então os abaixo de 30,  esses só querem traçar as coroas enxutas e exibir o troféu – não que isso seja de todo ruim, mas não rola, né gente? Só às vezes…

Ah, tem  os sexagenários, esses também estão na batalha… Tanto, que outro dia estávamos eu, a Lu e a Letícia em um bar , onde até pouco tempo batíamos ponto toda quinta ou sexta, quando um outro freqüentador igualmente assíduo, na faixa dos 70 anos, foi até a nossa mesa e me surpreendeu com um presente – uma bolsa de marca – e um cartão, todo cheio de “fru-fru” com uma declaração ardente de amor. Falei que não poderia aceitar, de forma alguma, e tentei devolver. Mas as meninas começaram e me chutar debaixo da mesa e falar que era falta de educação da minha parte.

Aceitei o presente, agradeci e caí no choro. Quanto mais eu chorava mais as duas e o Pedro Augusto riam! Bem, acho que tá explicado porque não vamos mais lá, né!?

Pera aí gente,  a fila tá andando! Pára tudo, chamaram a senha 32.793! Quem era? Ele, meu senhorzinho apaixonado, arrumou a sua tampa!  A próxima sou eu!

Pedro Auguuuuuusto, corre, é a nossa vez!

Laura Barreto

34 comentários

  1. Thereza disse:

    Laurinha, to aqui morrendo de rir… é como se ontem não tivessemos ido embora!!!! Parabéns por esse dom!!!! Manda ver Pedrão… rsrsrsrs!!!! E vamo que vamo!!!! Bjssss.

  2. Isabela disse:

    Laura,

    É uma delícia dar uma pausa no trabalho para ler os seus textos…adoro quando chega seu e-mail!! Bjs, Isabela

  3. Renata Massara disse:

    Ai, Laura…. vc é mesmo uma figura!!!!! A senha da gente só chama quando a gente descobre que não precisamos deles prá viver… e que se não for “o cara”, é melhor ficar sozinha! Te garanto!!!
    Homem em BH sempre foi escasso… mas sempre, num bando de uns 50, salva um que pode ser sim, o amor da sua vida! Ele pode estar aí pelo Verde Mar, no Trânsito, no seu horário de almoço do trabalho, Comendo Pipoca na Pç da Bandeira…

    E enquanto o certo não aparece, tem mais é que divertir com os errados! (Seja de 20, 30, 40, 50, 60 …) kkkkkkkk

  4. "Carlão" Bracks disse:

    Laurinha, tm jeito de você me arrumar a senha 00001 pra conhecer essa sua amiga promotora? Tipo assim, almoço despretencioso entre amigos lá no Província…. Bjão!

  5. "Carlão" Bracks disse:

    Há! esquecí, a safra de boas moças também tá ruim!!!!

  6. Alice disse:

    Uai, Laura…
    Ensina as meninas (e aprende tambem) a pegar senha internacional.
    Ate’ comigo, que eu tinha a senha nacional numero 579438573948759348753947855729857649587624976 (porque ser gorda no Brasil e’ pior que ser leprosa e concorrer a MISSI Universo), deu certo e tirei a senha 01 VIP na Yolanda!
    O problema e’ essa lingua dos diabos! Mas vale a pena!

  7. Vanesa Fernandes disse:

    Laura,
    você não me conehce mas sempre leio os seus textos.
    Além de você escrever super bem, são muito legais e engraçados !!

    Parabéns… muito sucesso!!

    Abs,
    Vanessa

  8. Letícia Mendes disse:

    Nem, ótima lembrança…. morremos de rir do seu chororô!
    PS: Onde é a distribuição das senhas? Nem ela consegui pegar kkkk

  9. Laura Barreto disse:

    Nenzíssima,
    Peguei duas, se quiser te vendo uma, a 32.795.
    Beijos,

  10. Suzana disse:

    Me fala onde é essa fila para pegar a senha!!! Nem número tenho ainda…
    é… a situação tá feia mesmo…
    Laura, leio todos os seus textos e eles estão cada dia melhores!!! Morro de rir!!!!
    Parabéns, beijos

  11. Vanessa Fernandes disse:

    Laura,

    Olha que coincidência, você conhece a Isabella Antunes !! Estudei com ela na Fumec no 1ºpeíodo de Jornalismo. Vi o seu post no facebook dela. Te adicionei no facebook, me aceita lá pra eu acompanhar o seu trabalho de perto.
    Virei fã já !!! rsrsrsrs
    beijos.

  12. Clarice Mendes disse:

    Amei o post de hoje/

  13. Isabella disse:

    Uai!! Onde é que estão distribuindo senhas q eu não fui informada??

    Laureta, fura fila lá e pega uma pra mim!!! Eu sei que vc é ótima pra “dar um migué” nessas situações, hehe…

    … e liga o aquecedor!!! huahuahuahuahuaha

  14. Rafa disse:

    Você tem o telefone da Procuradora???

  15. Rafa disse:

    Se ela me conhecer, garanto que ela me dá uma senha VIP pra furar essa fila, com direito a acesso ao Backstage e ao Camarote.

  16. Debora disse:

    Simplesmente adoro os seus “causos”

    me divirto horrores..
    saudade

    Dedé

  17. Walteen disse:

    Olha, Lauriscleide, acho que você já tá desenhando o seu personal reality show. O P.A. é o seu Boninho de bolso? 🙂

    Divertidíssimo esse post, daria tudo para estar na mesa ao lado assistindo a abordagem do bom velhinho.

    (Não sei o que vc vai achar da idéia, mas a linguagem das suas narrativas caberia perfeitamente em um podcast ou em um vlog)

    Beijo.

    • Laura Barreto disse:

      Teen,
      Não sei fazer isso não, me dá o caminho das pedras que começo amanhã!
      Ah, outra coisa, elogios e críticas, positivas ou não, vindas do master da publicidade e “fudêncio” de web – Sr. Walteen – , têm peso dobrado pra mim!
      Beijos e muito obrigada

  18. marcela disse:

    Laura , que susto vc me deu !!!! Achei que vc não tinha aceitado a bolsa!!!!!!!!! Pelo menos isso! Uma saída , uma cantada de um idoso embebido em formol,MAS UMA BOLSA DE GRIFFE !!!!!!! E vc ainda reclama da vida! Aonde é esta bar? BJS

  19. Garota Dourada disse:

    Este e um dos melhores posts!!! Divertidissimo e abusou do PA no ” metaforicamente” …
    Bj

  20. Fino disse:

    Laura, acho que você está no caminho certo. Explico: já que está “a procura”, nada melhor que sair com uma “procuradora” !

  21. Bauhau disse:

    aaahahhahahaha Rachando…

  22. minha disse:

    AHAHAHAHA DOIDIMAIS

  23. […] não é o meu caso, assumo e já escrevi sobre isso,  atualmente estou na “entre safra”, mas ainda tem muito mulher por aí sendo disputada! Então resolvi dedicar o texto de hoje a […]

  24. Adelina Serakides disse:

    Este post eu não conhecia… Amei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *