O Melhor Dia da Minha Vida!

No sábado postei um texto que nada mais era que uma lista de coisas que eu queria fazer e não fazer naquele dia. Se as palavras têm poder as escritas devem ter em dobro. Deu tudo certo, só o item “não inutilizar o Pedro Augusto ( o neurônio alone)” falhou… Errei a mão. Mas a culpa não foi minha e sim da Garota Dourada que resolveu comemorar o aniversário em grande estilo e nos proporciou uma das melhores noites de todos os tempos no Café De La Musique, regada a boa música e muita, mas muita, muita mesmo, champanhe! Nesse caso eu  não podia fazer desfeita… foi mal Pedrinho.

Daí, no domingo o resultado também não poderia ser diferente, ressaca monstro. Pedro Augusto parou de falar comigo, estava preocupado demais em ajudar a célula hepática, saiu de fininho com o companheiro amendoim pendurado naqueles  cangurus que as mães carregam seus bebês. Fuêfo! Me vi então sozinha, com duas meinas lindas e doidas pra brincar. A história que “mãe e culpa” são sinônimos não é balela…

Não sei se por isso, por amizade ou auto flagelo, ainda busquei o meu “filho agregado de bom grado” na casa dele e resolvi abraçar o capeta. Fui no VerdeMar – nesse dia sem a menor chance de paquera, muito pelo contrário, se eu tivesse uma teria ido de burca. Aliás já repararm que de ressaca o cabelo “infla” e que a gente pode lavar o rosto com cal e sapólio que a pele fica tão oleosa que dá pra fritar todas as batatinhas do Mc Donalds? Fora isso, tenho certeza que alguém jogou  areia no meu olho esquerdo, estava completamente caolha.

Mas onde estávamos? Ah, no Verdemar. Pois é, comprei duas pizzas ( gente que nunca experimentou, passa lá, e olha que nem tenho patrocínio “ainda”!), Coca, gatorade, Chipps e mais um punhado de porcaria, para as crianças e pra mim.

Peguei a cesta de piquenique, igual aquelas de filme mesmo, toalha xadrez vermelha e branca e fomos pro nosso Central Park – o playground… Gente, quanta diversão! Não estou brincado, quer dizer, estava! Chicotinho Queimado, Corre Cotia, Pique Alturinha,  e o moderno e  inovador (aprendi no dia) Pique Americano, jogamos bola e quando eram 7 horas da noite o que restava de mim pediu arrego.

Juntamos as coisas e quando entrei no elevador a Isabella me deu um abraço e agradeceu: “Mamãe hoje foi o dia melhor da minha vida!”

Na hora o Pedro Augusto voltou a ativa e me encheu de beijos que aproveitei e transmiti às duas. Nessa brincadeira descobri sem querer um ótimo remédio pra ressaca e pra vida: Filhos!

10 comentários

  1. Isabella disse:

    Óóóónnnnnn!!!!!

    Que lindo, Laureta!!
    Derreteu até o coração de pedra do PA…

    Beijos.

    ps: Toda Isabella é fuefa! kkkkkk

  2. Clarissa disse:

    Deixo uma dica de um espaço super-legal que abriu aqui perto: http://www.livrariacorrecutia.com.br
    Bjs

  3. Laura Barreto disse:

    Clarissa,
    Adorei a dica, sábado vou lá aprender a fazer “rolinhos de salsicha” com as pequenas.
    Bjs

  4. Carol disse:

    Ei Laura,

    Cá estou : virei sua fã, amiga e seguidora fiel.

    Mas nao posso acreditar que além do Pedro Augusto ter sobrevivido vc ainda brincou com suas pequenas depois de tamanha farra.

    Eu só ressuscitei hoje…
    bjs
    Carol

    • Laura Barreto disse:

      Carol,
      Eu não tinha escapatória, era brincar ou brincar! 🙂
      A “suadeira” fez bem , estou pronta pra outra ( ano que vem!).
      Beijos e marcamos um “chá”, qualquer dia desses.
      Bjs

  5. Garota Dourada disse:

    Não consigo escrever de tanto rir!!! A tal da pele oleosa é uma coisa horrorosa!!! A minha está assim até hoje…
    Há muito não tinha uma noite tão divertida, com os amigos do coração, selecionados a dedo! Ano que vem teremos uma festa: 41 com corpinho de 40! Vamos arrasar! Bjs
    Ah, amanhã temos chá as 6, ok?

  6. Laura Barreto disse:

    Marcado!

  7. Tassiana disse:

    Adorei Laura!!!
    Foi uma big, big, big, party! E como tomamos campanhe! E eu nem tive ressaca no outro dia! (Fígado já vacinado pra tudo quanto é bebida..champa “das boa” então…)
    Adorei o post.
    Outra coisa Garota Dourada: te conheço fia!!!
    E já tá marcando outras sem mim?!?!?!
    Nem pensar!!!!
    Enfim Laura, amei o dia melhor da sua vida. E concordo! Deve ter sido mesmo! Ainda mais com essa declaração da filhota!
    Bjo!
    Ps: quero ter um Pedro Augusto!!! Rsrsrsrsrs…

  8. […] Dinheiro não é tudo, mas é bom […]

  9. Fernanda Lobo disse:

    Adorei!!!!!!!!! Temos que respirar fundo e às vezes cair na quebradeira mesmo…Mas e o THE DAY AFTER??? De onde tiramos esta força???? Do útero é claro!!!! rsrsrsrsrsrsrss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *