Tag Archive for guerra

Como Vencer Uma Guerra – lição de uma criança de 7 anos

A única forma de se vencer uma guerra, é não entra nela”

Autor desconhecido

Seria possível uma pessoa determinada, certa de suas convicções, destemida e sem nada a perder, mudar radicalmente de idéia em 5 minutos? Tenho certeza que a sua resposta foi: “ NÂO, se isso conteceu essa pessoa é doida”

Com vocês,  Laura, a louca.

Sim eu mudei tudo, coloquei meu inverno no freezer, talvez não tenha sido somente em 5 minutos, mas esse foi o tempo que duraram as lágrimas da minha Isabella e quem me fizeram rever tudo.

Seguindo as orientações da minha querida irmã Alice, que é psiquiatra infantil, ontem cheguei em casa e fui conversar com as duas sobre uma decisão muito importante que havia tomado e que sem dúvida alguma as afetaria , e muito. Ou melhor iria abalar as nossas vidas, provavelmente para sempre.

Após explicar tudo, tim tim por tim tim, numa linguagem adequada para que duas crianças de 6 e 7 anos entendam, fê-se um período de silêncio.

Isabella então saiu do meu colo e deitou-se no chão, de barriga pra cima. Os olhos estavam repletos de lágrimas, mas não havia choro, então daquele rostinho mais lindo do mundo saíram as palavras qiue me fizeram mudar: “Mamãe eu não quero isso”.

Em questão de segundos um flash de “fastfowards e rewinds” fizeram minha cabeça rodar. Todo o sofrimento pelo que já passamos e todo prognóstico futuros caíram sobre a minha cabeça. Tenho certteza que também foi o que se passou com ela.

Me ajoelhei ao seu lado, levantei-a  do chão e a abracei, forte mas com carinho, as lágrimas então pularam daqueles olhinhos esverdeados e perfeitos.  Ela então se aconchegou no colo e chorou, muito…um choro sofrido, doído mesmo. Prometi então que não iria mais levar aquilo adiante, meu coração estava em frangalhos.

Minha filha havia tomado seu partido, é natural. Minha irmã já havia antecipado isso, crianças dessa idade  não conseguem ser imparciais,  ficar em cima do muro é algo que não existe para elas, e sofrem com isso.

Por isso decidi mudar, pelas nossas vidas, por elas, chega de sofrimento. Viveremos do jeito que for, farei o meu melhor, sempre.

Não posso mudar as pessoas, a minha parte estou fazendo.De que adianta melhorar o poder aquisitivo, viajar e poder comprar coisas se não tivermos paz de espírito.

Então, antes de deitarmos para assistir Madagascar 2 pela milésima vez  (amo o rei Julian!), foi ela quem me abraçou e falou no meu ouvido: “Mamãe, você não vai ficar com raiva de mim não, né? Eu não estou do lado de ninguém, tá?”

O que eu não havia percebido, e que talvez a Bella só vá saber quando crescer e ler isso aqui, é que ela tomou um partido sim, o meu, ou melhor, o nosso!

Filhinha, mamãe jamais vai ficar com raiva de você por ser tão doce e pura… acho que quando você crescer vai entender: quem tem que estar ao seu lado nesse momento sou eu. Estarei sempre.
E assim termina mais um capítulo da difícil vida de uma mãe separada que cria suas filhas praticamente sozinha. Sei que muitos não entenderão, nem concordarão, mas foi o que meu coração mandou… E ontem ele se chamava Isabella.

Com amor,
Mamãe (pobre e cansada, mas mamãe!)

P.S: Tive nessa noite a pior insônia da minha vida, às 4h da manhã consegui dormir um pouco. Sonhei com a minha mãe, minha avó Lindalva e com a Tia Dorothéa, estávamos numa casa de praia linda de pedra com paredes brancas e enormes janesas e portas de duas lâminas azuis. Abri toda a casa, o sol entrou, coloquei a vovó sentada numa mesa no gramado de frente para a praia, debaixo de uma enorme amendoeira que fazia uma sombra gostosa. Mamãe me pediu que fosse comprar um remédio para ela , que afirmou não ser mais necessário, já estava sentindo-se melhor. Também já estou me sentindo melhor. Thank you all!
Essa mulheres “Fonsecudas” são, com o perdão da palavra: FODA!
Alice, obrigada.

E pra quem acha que eu entreguei os pontos.. nã, nã… a causa estava ganha, mas eu só tinha a perder, difícil de entender, né? Mas é assim e tenho certeza que dará tudo certo, estou muito aliviada, fiz a escolha certa, quem esta errado não sou eu e nunca fui eu! UFA!

Foto: Bella tomando banho de sol.

fotógrafa: mamãe.